Publicidade

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Chilena é presa por cantar no Metrô-DF e vídeo repercute na internet

Reprodução
Uma artista de rua do Chile foi presa na estação Shopping do Metrô por “perturbação do trabalho e sossego alheio”. O caso ocorreu na noite de quarta-feira (8/2). Alexandra Andrea Briones Silva, 24 anos, estava com uma caixa de música e um microfone cantando músicas latinas. A mulher estava com um lenço estendido no chão pedindo dinheiro, prática proibida no local. Ela se defendeu dizendo que estava apenas “expondo sua arte”. 
Durante a abordagem, os agentes pediram que a chilena desligasse o som e parasse de cantar. De acordo com a ocorrência, a mulher não atendeu ao pedido e os seguranças desligaram a caixa do microfone. Nesse momento, ela se “exaltou e desferiu empurrões e chutes” nos agentes. Após ser contida, a artista foi algemada e conduzida para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). 
 
Em depoimento, a mulher disse que está no Brasil há aproximadamente quatro meses e que “não causou perturbação”, estava apenas “expondo sua arte”. A artista disse que queria terminar a apresentação e os seguranças desligaram o aparelho. Alegou que “ficou nervosa e tentou impedi-los, sendo contida e caindo no chão”. A estrangeira assinou um Termo Circunstanciado, foi encaminhada para o Instituto de Medicina Legal (IML) para exame de corpo de delito e foi liberada. 

Em nota, a Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) diz “lamentar o incidente ocorrido” e que “as imagens foram registradas pelas câmeras de segurança. Os agentes tentaram dialogar, mas foram agredidos pela artista”. Ainda assim, o Metrô diz que vai instaurar um procedimento para investigar a ação dos seguranças. 

Repercussão

Imagens e vídeos da prisão da chilena foram publicados no Facebook por usuários do transporte. O vídeo mostra a mulher, que se diz moradora de Valparaíso, Chile, sendo mobilizada e presa pelos agentes. Nas imagens, ela se apresenta como cantora e parece não entender o motivo da abordagem dos funcionários da estação. "O que houve? Sou cantora de rua", diz.
 
Veja o vídeo:
 
 

A mulher é colocada no chão pelos dois funcionários e seus pertences ficam jogados pelo local. Ela explica que veio ao Brasil conhecer o país e cantar. Também grita, chora muito e critica a forma como é tratada. "Assim que são tratados os estrangeiros. Vim fazer música, conhecer o Brasil. Me solta!", suplica.
 
Algumas pessoas que passam pela estação param e olham. Outras questionam a atitude dos agentes e pedem que soltem a mulher. "Solta a mulher", grita um dos pedestres. "Fica quieto! Vai para lá", ameaça um dos agentes. Um dos pedestres que assiste à cena chega a recolher os pertences para a artista.
 
Mais tarde, o Metrô-DF disponibilizou a gravação das câmares de segurança do local que mostram a ação completa dos agentes, desde o momento da primeira abordagem até a detenção da mulher. Confira:


 

Rapaz defende artista 

O rapaz que filmou tudo, Rodrigo Deoli, 26 anos, rebate. Diz que presenciou toda a ação desde o início e que não houve agressão por parte da turista. "Chute que não existe. Estou filmando desde o início. Não teve nenhum chute", afirma.
 
O produtor de casting sai em defesa da artista e diz que a mulher foi presa porque os agentes alegaram que o local é proibido para apresentações. "Não vou generalizar, mas tenho vergonha dessa 'Pátria Amada Brasil'. Viva a liberdade da arte", defende.

Fonte: Correio Braziliense

Beyoncé é processada em US$ 20 mi pelo uso da voz de Messy Mya

Beyoncé

© Fornecido por Forbes Brasil Beyoncé
O espólio de Anthony Barre – mais conhecido como Messy Mya – está processando Beyoncé em US$ 20 milhões. A acusação é de que a estrela pop teria usado algumas partes do vídeos “A 27 Piece Huh” e “Booking the Hoes From New Wildings” sem qualquer tipo de compensação – financeira ou de reconhecimento pelo trabalho. Uma declaração do rapper e YouTuber negro assassinado em 2010 – “What happened at the New Orleans? Bitch, I’m back by popular demand” – pode ser ouvida no vídeo de “Formation” (do álbum “Lemonade”), de Beyoncé. Segundo representantes do artista, a cantora foi procurada, mas não deu nenhum retorno.
Com a irmã de Mya à frente, o grupo que defende os direitos do rapper está processando Beyoncé por royalties. A Sony Music e as empresas de Jay-Z, marido da estrela, também são citadas no processo. Está sendo pleiteado, ainda, o crédito apropriado “como escritor, compositor, produtor e intérprete” para Messy Mya, que atraiu uma promissora lista de seguidores do YouTube e era a voz de uma New Orleans muito violenta.
Ao ouvir ambos os vídeos – “Booking” e “Formation” – é possível identificar a voz de Mya no início da segunda música, e será muito difícil para Beyoncé negar isso no tribunal. A cantora pode enfrentar grandes dificuldades se o juiz determinar que as letras e a voz do rapper foram usadas sem permissão. Caso isso aconteça, os advogados de Beyoncé podem tentar um acordo que inclua remuneração e créditos apropriados. A diva do pop pode até ter tentado fazer uma homenagem a Mya, mas seus beneficiários pensam de outro modo.
Como a cantora está sampleando a voz de Mya, ela pode apelar para “uso aceitável” (fair use, em inglês), alegando que a música contempla uma “declaração política”. O vídeo de “Formation” começa com imagens de carros imersos na água, evocando o Furacão Katrina e outros importantes acontecimentos ocorridos no Sul. A seção 107 da Lei de Direitos Autorais determina quando algo é considerado “uso aceitável” e identifica certos tipos de empregos, como criticismo, comentários, novas reportagens, ensinamentos, bolsas de estudo e pesquisas, como exemplos de atividades que podem ser qualificadas nessa categoria. Beyoncé está arrecadando uma enorme quantia de dinheiro com a música, que foi nomeada ao Grammy, então, mesmo que o vídeo tenha conotações políticas, o juiz pode ficar do lado do espólio de Mya se o caso avançar até este nível.
É bom lembrar que Jay-Z venceu um processo relacionado a direitos autorais (o sampling em “Big Pimpin”) que se estendeu por oito anos. Talvez ele tenha encorajado sua parceira a correr o risco.
Foonte: Forbes Brasil

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

Paralisação de PMs no Espírito Santo chega ao sétimo dia.
© Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem/Agência O Globo Paralisação de PMs no Espírito Santo chega ao sétimo dia.
Reunião entre familiares de PMs e governo do ES termina sem acordo
No fim do encontro, mulheres representantes dos PMs saíram revoltadas. Elas afirmaram que o governo não sinalizou nenhum tipo de reajuste. Com isso, o motim de PMs irá para o sétimo dia nesta sexta-feira (10). (Via Estadão)
Avião com senador Aécio Neves sai da pista ao pousar em São Paulo
O avião, um táxi aéreo alugado pelo partido, decolou de Brasília deixando para trás um pedaço do pneu. Quando estava para pousar no aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo, apresentou um problema no trem de pouso. O piloto abortou o pouso (arremeteu) e seguiu para Cumbica, onde a aeronave aterrissou, mas acabou saindo da pista. Não houve feridos. (Via Notícias ao Minuto)
Juiz manda prender ex-presidente do Peru em caso Odebrecht
Alejandro Toledo, que comandou o país entre 2001 e 2006, é investigado por supostamente ter recebido US$ 20 milhões em propinas da construtora Odebrecht. (Via EFE)
Inscrições para o FIES se encerram nesta sexta-feira
O FIES é um programa do Governo Federal que ajuda estudantes brasileiros a pagar a faculdade particular. O financiamento do FIES cobra uma taxa de juros mais baixa do que as praticadas no mercado e o estudante só começa a pagar as prestações da dívida depois de formado. (Via Agência Brasil)
STF dá 24h para Temer explicar nomeação de Moreira Franco como ministro
O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na noite desta quinta-feira, 9, que o presidente Michel Temer se manifeste dentro de um prazo de 24 horas para explicar as circunstâncias da nomeação de Moreira Franco como ministro. Dessa forma, Mello manteve o suspense quanto à decisão sobre os dois pedidos — feitos pelo PSOL e pela Rede Sustentabilidade — que chegaram à Suprema Corte contra a nomeação. O STF terá a palavra final no caso. (Via Estadão)
Tribunal dos EUA mantém suspensão de decreto de Trump sobre imigração
Um tribunal federal de apelações dos Estados Unidos manteve por unanimidade a suspensão temporária do decreto que restringe a entrada nos Estados Unidos de viajantes de sete países de maioria muçulmana. A Suprema Corte dos EUA provavelmente determinará o resultado final do caso. (Via Reuters)
Fachin autoriza inquérito contra Renan, Jucá e Sarney
A decisão do ministro do STF atende ao pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nesta semana. Os três devem ser investigados por tentativa de obstruir a operação Lava Jato. (Via VEJA.com)
Juiz nega pedido de prisão domiciliar a Eike Batista
Acusado de pagar propina ao ex-governador Sérgio Cabral e principal alvo da operação Eficiência, Eike está preso em uma cela comum de Bangu 9, no Complexo Penitenciário de Gericinó, porque não tem curso superior. (Via VEJA.com)

São Paulo e Vasco avançam na Copa do Brasil 
Na noite desta quinta-feira, o centroavante Gilberto foi titular no lugar do desgastado Chavez e de seus pés saiu o gol da vitória do Tricolor sobre o Moto Club, no Maranhão, pela primeira fase da Copa do Brasil. O Vasco também garantiu a passagem para a segunda fase ao derrotar o Santos, do Amapá, por 2 a 0. (Via Gazeta Esportiva)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Uber é processado em R$ 140 milhões após falha ajudar em divórcio
Empresário alega que mesmo após ele deslogar a sua conta no iPhone da esposa, o smartphone continuou mostrando alertas dos seus trajetos: Uber
A empresa de transporte Uber está sendo processada na França em uma ação que pede 45 milhões de euros (140 milhões de reais) feita por um homem que alega que um bug do aplicativo ter contribuído para seu divórcio. Segundo informações o jornal Le Figaro, trata-se de um empresário francês e a ação foi ingressada em Grasse, cidade localizada a 50 quilômetros de Nice, no sul do país.
O homem teria emprestado o iPhone da esposa para solicitar uma viagem através do serviço. Mas mesmo após ele desvincular a sua conta no aparelho, o smartphone continuou mostrando alertas de trajetos futuros. Dessa forma, ela teve acesso a informações como placa do carro, nome do motorista e os horários dos itinerários. Assim, o empresário alega que a esposa começou a ter suspeitas sobre a sua fidelidade.
Uma audiência inicial está marcada para este mês, e um representante do Uber na França disse que a empresa não iria se pronunciar. “O Uber não comenta publicamente casos individuais, sobretudo este que diz respeito a um processo de divórcio entre dois cônjuges”, disse ao Le Figaro.
Fonte: Le Figaro
Sete dúvidas frequentes sobre licenciamento
Sete dúvidas frequentes sobre licenciamento
O licenciamento anual dos veículos em circulação no Brasil é obrigatório. Até aqui você já sabe. Mas tem dúvidas sobre onde e como fazer o pagamento ou qual o prazo para estar com o processo finalizado? O iCarros ajuda a esclarecer as dúvidas mais frequentes sobre licenciamento.
1. Como fazer?
O licenciamento pode ser feito presencialmente nas unidades do Detran de seu Estado ou eletronicamente pela internet. Também é possível fazer o processo em postos de serviço como o Poupatempo em São Paulo ou, em algumas cidades, nos Ciretrans.
2. Quais são os documentos necessários?
Independente do modo escolhido, você precisa ter o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) do veículo em mãos. Todos os documentos necessários para realizar o serviço presencialmente podem ser consultados no site do Detran de seu Estado (veja a relação abaixo). Vale destacar que quem optar pelo processo eletrônico deve fazer o licenciamento pelo menos 15 dias úteis antes do final do prazo em função da entrega via Correios, para que consiga receber o novo documento em sua residência a tempo. 
3. Quanto custa?
O valor da taxa de licenciamento varia de acordo com cada Estado. Ela vai dos R$ 69 cobrados no Distrito Federal até os R$ 180,28 de Goiás. Para saber quanto você irá gastar, consulte o site do Detran de seu Estado. 
4. Onde pagar a taxa?
Você pode pagar a taxa no internet banking, nos caixas eletrônicos ou nas agências dos bancos credenciados. Basta fornecer o número do Renavam. Quem quiser pode escolher retirar o documento atualizado no Detran - ou no Poupatempo - ou ainda receber na residência, com prazo de entrega de até sete dias úteis. Nesse caso, é importante que o endereço no registro do veículo junto ao Detran esteja atualizado. Contudo, é preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório DPVAT e multas que estejam pendentes antes de fazer o licenciamento.
5. Quando fazer o licenciamento?
Os prazos variam de acordo com o Estado e o final da placa do veículo. Por isso, é importante verificar o calendário específico do Estado em que está registrado o veículo. Em São Paulo, por exemplo, o calendário de automóveis começa em abril e vai até dezembro, enquanto para caminhões vai de setembro a dezembro. Já no Rio de Janeiro o calendário começa em junho e vai até outubro. É possível ainda pagar o licenciamento antecipadamente junto com o IPVA no início do ano.
6. E se eu perder o prazo?
Rodar com o veículo sem estar com o licenciamento do ano válido é infração gravíssima com multa de R$ 293,47 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), assim como apreensão e remoção do veículo. Vale lembrar que o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) é um documento de porte obrigatório. Mesmo que o licenciamento esteja em dia, rodar com o veículo sem estar com o documento em mãos é infração leve sujeita a multa de R$ 88,38, três pontos na CNH e retenção do veículo até que o documento seja apresentado. 
7. Como fazer o licenciamento atrasado?
É possível realizar o licenciamento do ano anterior normalmente seguindo o mesmo procedimento citado acima. Contudo, se o licenciamento não foi feito nos últimos dois anos, antes de pagar a taxa é preciso solicitar à Secretaria da Fazenda de seu Estado o desbloqueio do sistema para só então efetuar o pagamento referente aos anos atrasados. 
==============
Veja a lista dos sites dos Detrans por Estado:
Distrito Federal - http://www.detran.df.gov.br/ 
Espírito Santo - http://www.detran.es.gov.br/ 
Mato Grosso do Sul - http://www.detran.ms.gov.br/ 
Minas Gerais - http://www.detran.mg.gov.br/ 
Rio de Janeiro - http://www.detran.rj.gov.br/ 
Rio Grande do Norte - http://www.detran.rn.gov.br/ 
Rio Grande do Sul - http://www.detran.rs.gov.br/ 
Santa Catarina - http://www.detran.sc.gov.br/ 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Tatá Werneck está sendo processada pelos seus vizinhos

Nesta terça-feira (7), Tatá Werneck concedeu uma entrevista para o 'Na cama com Gio Ewbank', no YouTube, no qual revelou que está sendo processada pelos seus vizinhos por causa dos seus gatos.
“Eu tenho 12 gatos e meus gatos vivem soltos. Então, uma vez um moço disse ‘olha, seu gato fez cocô na minha sala’ e eu falei ‘fui eu’, pra assumir a responsabilidade. ‘Você deixa a porta da sua casa aberta, um cocô desavisado entra, você tem que fechar”, disparou.
“A outra falou que o gato estava entrando na casa dela e que ela ia mandar o cachorro comer o gato, eu falei ‘pois eu como você'”, contou a atriz, ao revelar que é apaixonada por animais.
A atriz global também contou uma saia justa que teve com Sonia Abrão. Tatá revelou que passou um trote para a apresentado e acabou dando confusão: "Ela ficou chateada comigo, pois liguei para ela as 3h da manhã e passei um trote dizendo que a Xuxa e o Pelé tinham voltado (a namorar)", contou arrancando gargalhadas de Giovanna Ewbank.
Fonte: Fama ao minuto
Edison Lobão, um investigado na Lava Jato com papel-chave na sabatina de Moraes
O senador Edison Lobão, em entrevista nesta quarta-feira.
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, que terá nos próximos dias a atribuição de sabatinar o novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), já tem um presidente indicado. É o senador Edison Lobão (PMDB), nome citado na Operação Lava Jato, investigação cujas decisões relacionadas a políticos com foro privilegiado, como ele, passa pelo STF. Lobão é investigado em dois inquéritos e afirmou, nesta quarta-feira, que "investigação não deve causar constrangimento a ninguém". O nome dele ainda precisará ser confirmado por todos os membros da comissão, o que deve ocorrer sem grandes problemas, já que ele faz parte da maioria da Casa.
Como presidente, ele conduzirá os trabalhos da comissão e terá a função de indicar um relator para a sabatina do novo ministro. Lobão foi escolhido por "aclamação" em uma reunião do PMDB, que por ter a maior bancada do Senado tem o direito a fazer a indicação.
A sabatina de Alexandre de Moraes, indicado nesta semana pelo presidente Michel Temer, pode acontecer em duas semanas, se depender da vontade dos aliados de Temer.  "Eu espero que até o dia 22 o candidato a ministro do Supremo esteja sabatinado", afirmou o novo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), em entrevista à imprensa nesta quarta-feira.
Mas os trâmites necessários para a instalação da comissão e da sabatina podem postergar em ao menos uma semana os planos. Os partidos precisam agora indicar seus integrantes para a comissão. E Lobão ainda precisa indicar o relator. Depois, a comissão é formada e, só assim, será notificada oficialmente da sabatina para que a data seja marcada. Nesta quarta, durante a sessão do Senado, Oliveira leu no Plenário a indicação de Moraes para o STF e encaminhou a mensagem para a comissão. Ele pediu celeridade aos partidos para a indicação de seus membros.
Moraes esteve também nesta quarta no Senado, se reunindo com o presidente da Casa. Ele afirmou à imprensa que pretende visitar todos os senadores para se apresentar antes de a sabatina ocorrer. A indicação dele, ministro da Justiça de Temer, causou polêmica. Apesar de não estar previsto que o novo ministro da corte integre o grupo do STF diretamente envolvido com a Lava Jato, Moraes, se confirmado, pode acabar tendo papel relevante nos casos que cheguem ao plenário do Supremo. É o tribunal completo que se pronunciaria se avançassem as apurações sobre os presidentes do Legislativo (Rodrigo Maia, do DEM, e Eunício Oliveira, do PMDB). A votação que decidirá se valida ou não o nome dele para ocupar a vaga de Teori Zavascki, morto em um acidente de avião no mês passado.
Após ser indicado para a presidência da comissão, Lobão afirmou que fará um esforço para que a comissão decida pela sabatina o mais depressa possível. "Se eu for eleito, darei celeridade a esse processo e aos demais que tiverem maior importância", diz. Ele também afirmou que suas investigações não devem causar constrangimentos. "A investigação não deve molestar a ninguém. Se há uma alegação caluniosa contra mim, é bom que eu seja investigado para demonstrar isso", disse.
Lobão é investigado em um inquérito que investiga se um grupo de senadores do PMDB cometeu fraudes na Petrobras e, em outro, por suspeitas de desvio em obras das usinas de Belo Monte e Angra 3. Ele também já foi acusado de ter pedido dois milhões de reais para o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que iriam para a campanha de Roseana Sarney, em 2010. Na época, ele era ministro de Minas e Energia do Governo Dilma Rousseff. O inquérito que apurava isso, entretanto, foi arquivado a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Fonte: El Pais
Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

FHC presta depoimento em processo que envolve Instituto Lula
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso prestará depoimento hoje como testemunha em processo contra o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e que envolve o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. FHC será ouvido por meio de videoconferência. (Via Notícias ao Minuto)

Governo do ES cria comitê permanente para negociar com policiais
A crise da segurança pública no Espírito Santo já deixou ao menos 95 mortos desde sábado, 4. Nesta quarta, a situação ganhou contornos mais dramáticos. A Polícia Civil paralisou as atividades, suspendendo registros de ocorrência e atendimento. A PM manteve a paralisação. (Via Estadão)

Investigado na Lava Jato presidirá Comissão de Constituição e Justiça do Senado
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado será instalada nesta quinta para seus trabalhos no biênio 2017-2018. Os partidos já indicaram 25 dos 27 membros titulares do colegiado. O senador Edison Lobão (PMDB-MA), investigado na Lava Jato, foi indicado pelo PMDB para presidir a comissão. (Via El País) 

Fundação Getúlio Vargas divulga prévia da inflação do aluguel
A FGV anuncia nesta quinta-feira (9) pela manhã a prévia do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) para os dez primeiros dias de fevereiro. O índice é usado como referência para ajustes nos contratos de aluguel. 

Senado aprova reforma do ensino médio 
Alunos poderão escolher 40% das disciplinas de acordo com seus interesses. O projeto, anunciado por Michel Temer em setembro do ano passado, passou pela última votação depois que foi aprovado na Câmara no fim do ano passado. Agora, o texto vai para sanção do presidente da República. Saiba como fica o ensino médio com as novas mudanças. (Via Estadão)

Mega-Sena acumula novamente e deve sortear prêmio de R$ 35 milhões
Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 1901 da Mega-Sena sorteadas nesta quarta-feira (8), em Itabira (MG). De acordo com a Caixa Econômica Federal, o prêmio acumulado para o próximo concurso deve chegar a R$ 35 milhões. Confira os números sorteados. (Via Notícias ao Minuto)

Times se enfrentam na Copa do Brasil e Libertadores
Pressionado pela derrota na estreia do Campeonato Paulista, o São Paulo enfrenta o Moto Club em São Luís, no Maranhão, nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), na primeira fase da Copa do Brasil. Pela Primeira Liga, o Atlético-MG joga com o Joinville. Já a Libertadores tem três jogos. Confira a agenda de hoje no futebol:
PRIMEIRA LIGA
19h15 - Atlético-MG x Joinville
COPA DO BRASIL
19h15 - São José-RS x Sampaio Correa-MA
21h - Santos-AP x Vasco
21h30 - Moto Club-MA x São Paulo
LIBERTADORES
20h15 - The Strongest x Montevideo Wanderers
21h45 - Olimpia-PAR x Independiente del Valle
22h15 - Universitario-PER x Capiatá

Rodrigo Maia pegou R$ 1 milhão em propina da OAS, diz PF

Maia: "Pode, não é?"
A Polícia Federal concluiu investigação sobre o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Operação Lava Jato e apontou indícios de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro. A informação foi revelada pelo “Jornal Nacional”, da TV Globo.
A investigação da PF teve origem em mensagens de celular entre Maia e o empreiteiro Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS. Segundo o inquérito da PF, em troca de propina de 1 milhão de reais, o parlamentar teria defendido interesses da empreiteira no Congresso, entre 2013 e 2014, como apresentar uma emenda à uma Medida Provisória que definia regras para a aviação regional, em benefício da construtora.
O “Jornal Nacional” ainda informou que Rodrigo Maia pediu à empreiteira doações eleitorais no valor de 1 milhão de reais em 2014. O dinheiro teria sido repassado oficialmente à campanha de César Maia, pai do presidente da Câmara. Os investigadores suspeitam que a estratégia foi usada para ocultar a origem da propina da empreiteira. A PF sustenta que há ‘fortes indícios de corrupção passiva e lavagem de dinheiro’ por parte de Maia.
Maia afirmou que ‘nunca recebeu vantagem indevida para votar qualquer matéria na Câmara’. Segundo ele, ‘ao longo dos cinco mandatos como deputado federal, sempre votou de acordo com orientação da bancada ou com a própria consciência’.
(Com Estadão Conteúdo)

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Inflação é a menor para meses de janeiro em quatro décadas

A inflação oficial do País fechou janeiro de 2017 com a menor alta para os meses de janeiro de toda a série histórica iniciada em 1979 - ou seja, em quase quatro décadas.
Em Brasília, inflação caiu de 1,2% para 0,72% de dezembro para janeiro
Em Brasília, inflação caiu de 1,2% para 0,72% de dezembro para janeiro
Foto: Agência Brasil
A constatação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou hoje (8), no Rio de Janeiro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA): 0,38%.
No entanto, em janeiro deste ano a taxa subiu 0,8 ponto percentual em relação a dezembro de 2016, ao passar de 0,3% para 0,38%. É, porém, 0,89 ponto percentual inferior ao apurado em janeiro do ano passado: 1,27%.
Com o resultado de janeiro deste ano, a inflação acumulada pelo IPCA nos últimos 12 meses é de 5,35%, ficando 0,94 ponto percentual abaixo dos 6,29% apurados nos 12 meses encerrados em dezembro de 2016.
Os dados do IBGE indicam, ainda, que a alta de janeiro deste ano foi puxada pelas tarifas de ônibus, que, pressionadas pela alta dos combustíveis (1,28%), subiram 2,84%, liderando o ranking dos principais impactos individuais, com 0,07 ponto percentual para a taxa global do mês. Item importante nas despesas do consumidor, os ônibus urbanos têm expressiva participação de 2,61% na formação do IPCA.
Com a alta das tarifas dos coletivos, o grupo transportes apresentou a mais elevada variação na composição de grupo (0,14%). Segundo o IBGE, a alta de 1,28% dos combustíveis teve forte influência na elevação dos preços do litro do etanol que subiu 3,1% - pressionando o grupo - enquanto o litro da gasolina aumentou 0,84%.
Mesmo assim, o grupo Transportes - apesar da variação mais elevada - apresentou forte desaceleração na taxa de crescimento de preços de dezembro para janeiro, ao passar de 1,11% para 0,77%. Isto se deve, principalmente, às passagens aéreas, que foram de 26,29% em dezembro para uma deflação (inflação negativa) de 7,36% em janeiro
Os grupos Alimentação e Bebidas e Habitação também acusaram forte aceleração entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017 e contribuíram para que o IPCA fosse de 0,3% para 0,38% de um mês para o outro. No caso de Alimentação e Bebidas, a taxa passou de 0,08% para 0,35%, e o de Habitação saiu de uma deflação de 0,59% para uma inflação de 0,17%.
No grupo Habitação, a queda nas contas de energia elétrica foi menos intensa. Em dezembro, as contas ficaram 3,7% mais baratas, o principal impacto para baixo. Isto devido ao fim da cobrança do adicional de R$ 1,50 da bandeira amarela. Já em janeiro, a queda foi de 0,6% e se deve à redução do Programa de Integração Social/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (PIS/Cofins) na maioria das regiões analisadas.
A pesquisa do IBGE indica que apenas os grupos Artigos de Residência, com deflação de 0,1%, e de vestuário (-0,36%) apresentaram quedas de preços entre dezembro e janeiro.
Os números por regiões
Entre as 13 regiões pesquisadas pelo IBGE, sete apresentaram taxas acima da média nacional do IPCA de 0,38% verificada em janeiro.
O principal destaque foi Brasília, cujo índice caiu de 1,2% para 0,72%, de dezembro para janeiro, mas foi a mais alta taxa do país, com um resultado que chegou a ser 0,34 ponto percentual superior à média do IPCA do mês. Em seguida, aparecem Vitória, com IPCA de 0,69%, e Salvador (0,67%). No Rio de Janeiro, a taxa variou 0,4%.
Entre as seis regiões que fecharam com taxas menores do que a média nacional, o destaque principal ficou com a região metropolitana de Porto Alegre, a menor do país: 0,18%. Em São Paulo, a taxa variou 0,23%.
O IPCA é a inflação oficial do país e serve de parâmetro para o plano de metas do governo federal, cujas bandas fixadas pelo Banco Central variam entre 3,5 e 6,5%. Calculado pelo IBGE desde 1980, o índice abrange famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos e envolve dez regiões metropolitanas do país, além de Goiânia, Campo Grande e de Brasília.
Na avaliação da coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos, o recuo da demanda em razão das altas taxas de desemprego e da dificuldade de crédito é fundamental para que as taxas de inflação se mantenham em níveis relativamente baixos, se comparados ao ano de 2015.
Para ela, a conjuntura não mudou e o perfil do comportamento dos preços neste início de ano se manteve semelhante aos de 2016, em particular, a partir da segunda metade do ano.
"O perfil dos últimos meses do ano passado e deste início do ano, com desemprego em alta, dificuldade de crédito e elevadas taxas de juros, tem feito os preços recuarem e, em alguns casos, levando até mesmo à redução da margem de lucro em razão do comportamento do dólar", disse.
Para Eulina, "o recuo da demanda tem sido fundamental para que a gente esteja tendo hoje taxas de inflação bem mais baixas do que há alguns anos. A conjuntura não mudou: há um esboço de recuperação em alguns setores da indústria, mas não há resposta em termos de venda e o contexto ainda é de pouca grana", afirmou.
A coordenadora entende que os perfis dos dois índices (dezembro e janeiro) são mais ou menos parecidos, com os preços sendo influenciados pela demanda.
Quanto ao resultado de alta de janeiro (0,38% contra 0,3% de dezembro do ano passado) ele foi influenciado pela diferença exercida pela pressão das passagens dos ônibus urbanos, uma vez que os transportes são responsáveis por uma parcela significativa das despesas das famílias e janeiro concentra reajustes em algumas regiões do país. Soma-se a isso os alimentos, cujos preços pesam mais e têm maior impacto nas despesas das famílias - e alguns itens aumentaram bastante, argumenta.
A técnica do IBGE avalia que, em fevereiro, o IPCA ainda sofrerá o impacto pontual dos reajustes das mensalidades escolares "que também pesam muito e causam impacto no orçamento das famílias. Haverá ainda resquícios dos reajustes das tarifas de ônibus que ainda vão aparecer em menor escala no índice do próximo mês", finaliza.
Fonte: Terra

PF indicia Eike Batista, Cabral e mais 10 pessoas

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 30/07/2008. O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (d), entrega ao empresário Eike Batista (e) a Licença Prévia (LP) para a implantação da usina termelétrica a carvão pela UTE Porto do Açu Energia, situada na fazenda Saco Dantas, no município de São João da Barra, no interior do estado. O documento é mais um passo para viabilizar o Complexo do Porto do Açu, um dos empreendimentos da LLX, de Eike Batista, cujos projetos serão apresentados durante cerimônia no Salão Nobre do Palácio Guanabara, em Laranjeiras, na zona sul da capital fluminense. - Crédito:FÁBIO MOTTA/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:29046
O empresário Eike Batista foi indiciado pela Polícia Federal (PF) pelo crime de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa. Ele está preso desde o dia 30 de janeiro em decorrência da Operação Eficiência, desdobramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.
O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) também foi indiciado pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa. Cabral já havia sido indiciado em dezembro em inquérito da Operação Calicute. Ambos estão presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.
Outras dez pessoas também foram indiciadas, entre elas o irmão do ex-governador, Maurício Cabral, por lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa, e a ex-mulher, Susana Neves Cabral, apenas por lavagem de dinheiro.
Eike chegou às 9h20 desta quarta-feira à Superintendência da Polícia Federal no Rio para prestar depoimento. Ele é suspeito de ter pago 16,5 milhões de dólares em propina para ter benefícios em seus negócios.
Os demais indiciados são:
Wilson Carlos Carvalho, ex-assessor de Cabral
Carlos Emanuel Miranda, emissário encarregado de recolher propina de Cabral
Luiz Carlos Bezerra, ex-assessor de Cabral; Sérgio de Castro Oliveira
Álvaro Novis, doleiro
Thiago de Aragão Pereira e Silva, advogado
Francisco de Assis Neto, o Kiko, operador de propina
Flavio Godinho, vice-presidente do Flamengo e ex-braço direito de Eike Batista
Sérgio de Castro Oliveira, suspeito de ser operador de propina
(Com Estadão Conteúdo)

Jovem tira foto de fantasma que o assombra há meses Fonte: Com informações do Megacurioso Em agosto deste ano, Adam Ellis, de Nova ...