Publicidade

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Juiz rejeita apelo de Neymar contra investigações na Espanha

Justiça da Espanha reabre processo de fraude contra Neymar e o pai
Foto: AGNews / PurePeople

O juiz José de la Mata, do tribunal central número 5 da Espanha, rejeitou um recurso apresentado por Neymar e o pai contra a decisão de manter a continuidade das investigações que fazem parte do processo aberto a partir de uma denúncia do grupo de investimento DIS
Depois que o Barcelona chegou a um acordo com a Procuradoria e a Advocacia de Estado, assumindo dois crimes fiscais e pagando uma multa de 5,5 milhões de euros (R$ 19 milhões), no dia 3 de novembro um auto ordenou a sequência das investigações.
Este é considerado um segundo ato do caso Neymar e foi iniciado ainda no fim de setembro, quando o juiz José de la Mata ordenou a reabertura do chamado Caso Neymar para processar o atacante, o pai dele, Neymar da Silva Santos, além do ex-presidente do clube catalão Sandro Rossell pela fraude no valor da transferência do jogador.
O DIS teria direito a receber 40% do valor pago do Barcelona ao Santos pelo brasileiro, mas afirma só ter recebido montante referente a 17,1 milhões de euros. A justiça espanhola apontou que o valor total foi de 83,3 milhões de euros.
Fonte: Terra

Detido ao se masturbar em shopping de Belém


Detido ao se masturbar em shopping de Belém (Foto: Reprodução)

Um homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi detido após ser flagrado se masturbando dentro do banheiro de um restaurante localizado no Shopping Boulevard, em Belém, na noite da última terça-feira (27). A informação foi confirmada pelo interativo da Polícia Militar da área.
Em nota, o Boulevard Shopping também confirmou que um homem foi detido pela polícia ao invadir o banheiro feminino da área interna de um dos restaurantes do empreendimento.
Fonte: Dol

'Fui impedida de voar pela Avianca porque sou transgênera'

Simone Badana

Passagem comprada, check-in feito, embarque autorizado. Dodi Leal, artista e educadora de 32 anos de idade, estava prestes a viajar pela Avianca, na última segunda-feira, 26, de Guarulhos (SP) para Recife (PE) quando, de dentro da aeronave, viu a Polícia Federal obrigá-la a se retirar.
Quando comprou a passagem, Dodi identificou-se pelo nome social: Dodi Leal. Ao fazer o check-in, ela apresentou seu RG, em que ainda consta o nome ao qual foi designada ao nascer. Apesar de um funcionário da Avianca ter autorizado o embarque, exatamente como manda o Decreto nº 8.727*, promulgado pela ex-presidente Dilma Rousseff em 28 de abril de 2016, a empresa insistiu em retirá-la do avião.
"A companhia aérea queria retirar o meu nome social de seus registros e me embarcar como homem, foi a maior humilhação. A empresa disse que a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) deveria orientar sobre o uso de nome social. Pasmem: a Anac também desconhecia o decreto sobre o nome social! A hipocrisia da companhia aérea foi proferir a argumentação: 'só vamos mudar alguma coisa se recebermos instruções de regimentos da aviação'.", conta Dodi ao Catraca Livre.
Pelas redes sociais, a artista e educadora compartilhou depoimentos explicando e relatando a situação que se viu impelida a enfrentar:
reprodução/Facebook© Fornecido por Catraca Livre reprodução/Facebook

Dodi afirma que, após o voo, não foi redirecionada para outro. "Eu tive que pedir intervenção da Polícia Civil e da Anac para a companhia aérea tomar providências. Na Anac dei entrada com denúncia e o desdobramento deve ser o processo administrativo com a Avianca. Além disso sugeri que a Anac orientasse todas as cias aéreas imediatamente sobre o uso de nome social de pessoas trans. A Polícia Civil emitiu um documento reconhecendo minha identidade de gênero e meu nome social e apenas com este documento, muita humilhação e muito enfrentamento, a cia aérea permitiu meu embarque".
Apesar de ter conseguido embarcar, o outro voo só saiu após 17 horas que fez o check-in. "Foram 17 horas sem suporte. A Avianca descumpriu a regra da Anac de providenciar assistência material neste período. Fui exposta para o aeroporto inteiro", relata.
A educadora ainda conta que essa viagem seria necessária para ajudar em seu processo de transição de gênero. "Ter coragem de sair na rua e encarar a sociedade já é um desafio que eu tenho que me conciliar comigo mesma. É gigante dar um passo e dizer para mim mesma: 'eu vou sair, eu vou viajar'. Chegar ao aeroporto e ter que passar por isso é destruidor para o meu processo", desabafa.
Em nota oficial ao Catraca Livre, a Avianca explicou seu lado da história:
"A Avianca Brasil esclarece que a Resolução 130 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) determina que o embarque de passageiros só seja realizado após a conciliação dos dados de um documento de identificação válido com os da reserva e/ou do cartão de embarque. Este é um procedimento de segurança aplicado no setor aéreo, não apenas no Brasil como em todo o mundo.
No caso em questão, houve discrepância entre as informações apresentadas e, como a cliente alegou ainda não possuir documento emitido com seu nome social, o embarque precisou ser negado. A companhia ressalta que ofereceu reacomodação em um próximo voo disponível, a fim de que fosse providenciada uma reconciliação dos dados no próprio aeroporto."
*"Os órgãos e as entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, em seus atos e procedimentos, deverão adotar o nome social da pessoa travesti ou transexual, de acordo com seu requerimento e com o disposto neste Decreto".
Fonte: Catraca livre


Temer sanciona lei que cobra mais um imposto de Netflix, Spotify e lojas de apps


Este mês, o Senado aprovou um projeto de lei complementar para cobrar ISS (Imposto Sobre Serviços) de serviços como Netflix e Spotify. Agora, ele foi sancionado pelo presidente Michel Temer, entrando em vigor daqui a 90 dias, com uma surpresa extra: lojas de apps e criadores de software também estarão sujeitos ao imposto.
A Lei da Reforma do ISS (157/2016) vai afetar serviços de streaming como Spotify, Deezer, Google Play Música, Netflix, HBO Go e até o recém-chegado Amazon Prime Video. Todos estarão sujeitos ao tributo, e a cobrança mínima é de 2%.

O ISS será cobrado na “disponibilização, sem cessão definitiva, de conteúdos de áudio, vídeo, imagem e texto por meio da internet”. Livros, jornais e periódicos oferecidos online não pagarão esse imposto.

A lei também prevê a cobrança do ISS em lojas de apps: ou seja, você pagará o imposto ao fazer compras no Google Play e na App Store.

Estão sujeitos à cobrança o "processamento, armazenamento ou hospedagem de dados, textos, imagens, vídeos, páginas eletrônicas, aplicativos e sistemas de informação". (Este trecho estava presente no projeto que a Câmara aprovou no ano passado, e havia sumido na versão do Senado - mas voltou.)

O ISS também será cobrado na criação de software, inclusive de jogos eletrônicos e de apps para smartphone. A nova lei afeta a "elaboração de programas de computadores, inclusive de jogos eletrônicos, independentemente da arquitetura construtiva da máquina em que o programa será executado, incluindo tablets, smartphones e congêneres".

A Lei Complementar 157/2016 foi publicada na edição desta sexta-feira (30) do Diário Oficial da União, e começa a valer no final de março de 2017.

Fonte: Gizimodo

Polícia pede prisão de viúva e PM e confirma morte de embaixador grego


A Polícia Civil do Rio confirmou nesta sexta-feira (30) que o corpo encontrado em um carro carbonizado no Arco Metropolitano é do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis. Os investigadores pediram a prisão da brasileira Françoise Amiridis, viúva do diplomata, e do policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho. Segundo a investigação, os dois são suspeitos de participação no homicídio e a principal hipótese é de crime passional. A informação foi dada com exclusividade pela repórter Bette Lucchese no RJTV.
Françoise comunicou na quarta-feira (28) o desaparecimento de Amiridis, de 59 anos. Segundo ela, ele saiu de casa Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite de segunda-feira (26), em um carro alugado sem dizer onde ia.
O veículo foi encontrado incendiado no fim da tarde de quinta (29), com um corpo em seu interior. O cadáver está sendo periciado no Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu.
Uma pessoa chegou algemada à DHBF no início da manhã. Durante a madrugada, um policial militar prestou depoimento na especializada. O advogado do PM, que acompanhou o depoimento, deixou o local por volta das 3h, mas o policial permanecia na unidade até a publicação desta reportagem. Os investigadores não informam se o PM foi ouvido como testemunha ou suspeito do crime.
Por volta das 10h desta sexta-feira, Françoise Amiridis chegou à delegacia, acompanhada por policiais. Cerca de meia hora depois, os agentes trouxeram uma testemunha do caso, que vestia uma touca ninja para não mostrar o rosto. A mulher de um homem identificado apenas como Eduardo, suspeito de envolvimento no desaparecimento do diplomata, também foi à especializada.
Fonte: G1

Gêmeas que namoram mesmo homem há cinco anos planejam casamento

As gêmeas e o noivo (Crédito: Reprodução)
As gêmeas australianas Anna e Lucy DeCinque, de 31 anos, que já foram destaque na imprensa internacional por terem se submetido a inúmeras cirurgias plásticas para ficarem ainda mais parecidas, planejam agora se casar com o mesmo homem. O escolhido é Ben Byrne, o eletricista com quem elas já tem um relacionamento há cinco anos. As informações são do jornal "Daily Mail".
As irmãs falaram sobre a decisão em um vídeo divulgado no canal delas no YouTube. "Estamos com ele há cinco anos e estamos bem. Nós queremos casar com o mesmo homem e nome dele é Ben. Muitos debates. Isso é possível? Pode funcionar? De verdade, não sabemos. Mas ouvimos que em Tucson (nos Estados Unidos) podemos nos casar", diz um delas na gravação.
Elas chegaram a brincar com a situação. "Ele vai precisar arranjar o dobro de tudo. Duas alianças, dois vestidos de casamento. Vamos fali-lo", dizem.
No que depender dos fãs das gêmeas, a decisão parece acertada. Em comentários nos vídeos, vários deles apoiaram o casamento entre os três. O trio mora atualmente na mesma e chegam a dividir a mesma cama.
Fonte: Com informações do Extra

Mulher aparece no próprio funeral após marido mandar matá-la

De acordo com o culpado, a motivação do crime foi pensar que ela o trocaria por outro homem
Noela Rukundo vive em Melbourne (Austrália) e teve sua morte encomendada pelo marido, Balenga Kalala, enquanto visitava seu país natal, Burundi. No entanto, a gangue que a sequestrou para matá-la mudou de ideia e a mãe de oito filhos decidiu surpreender o homem durante seu próprio velório para denunciar a tentativa de assassinato.
O caso ocorreu em fevereiro de 2015, quando Noela viajou a seu país natal para o enterro de sua madastra. Segundo reportagem da BBC, depois da cerimônia, a mulher foi sequestrada por um grupo de homens armados.
No cativeiro, ela começou a ser interrogada: "O que você fez para merecer isso, senhora? Por que esse homem nos pediu para te matar?". Então, a mulher respondeu que não sabia o que estava acontecendo e perguntou a que homem eles se referiam.
"O seu marido", respondeu a gangue. Depois, os assassinos ligaram para o responsável por encomendar o crime e Noela escutou a conversa. Ao final, o homem disse: "mate-a". Mas o líder do grupo decidiu descumprir o combinado e libertar a vítima.
Ao soltarem a mulher na beira de uma estrada, entregaram a ela um cartão de memória com as conversas telefônicas que poderiam incriminar o marido. Após três dias, a esposa desembarcou em Melbourne.
Balenga Kalala avisou a todos da comunidade que sua mulher havia morrido em um acidente trágico e organizou um velório em sua casa para receber parentes e amigos. Quando os convidados deixaram o local, Noela surpreendeu seu marido.
"Surpresa! Eu ainda estou viva", gritou ela. Em seguida, a mulher ligou para a polícia e o homem confessou todo o crime. De acordo com ele, a motivação foi pensar que ela o trocaria por outro. Em dezembro de 2015, o culpado foi sentenciado a nove anos de prisão.
Fonte: Catraca livre

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Grazi ficará grávida; veja previsões para os famosos em 2017
Graciele Lacerda resolveu fazer uma surpresa para Zezé di Camargo no último fim de semana. A jornalista se escondeu dentro do capô de um carro antigo estacionado no camarim do sertanejo durante um show em Londrina, no Paraná
Enquanto 2016 dá o seu adeus, 2017 se prepara para chegar cheio de surpresas. E no mundo dos famosos não será diferente! Os próximos 12 meses serão de muitas transformações, já que se trata de um período de novas conexões. De estreias na TV a fim de programas já conhecidos, de término de namoro a gravidez, as cartas do Baralho Cigano mostram que o ano novo promete muitas mudanças.
"É o ano das transformações, em que cada um terá sua chance de alcançar seus objetivos. Alguns com mais facilidade e oportunidade, outros com alguns obstáculos, mas sempre com grande conexão entre a terra e o divino. Ano de mudanças políticas e muitos conflitos no mundo dos artistas", adiantou Samantha Di Khali ao Famosidades.
Para exemplificar o tipo de alterações que os fãs podem esperar, a cigana alertou para o fim do programa "Pânico na Band", além de perigo para Danilo Gentili com seu talk show no SBT. Ratinho, outro contratado da emissora de Silvio Santos, também precisará ter mais atenção para não perder seu espaço na grade em 2017. Gilberto Barros, por sua vez, poderá voltar a ter um programa para chamar de seu na TV aberta.

Fora isso, Grazi Massafera pode ficar grávida, a Record deve passar por diversas dificuldades financeiras, e as cartas têm alertas até para o presidente Michel Temer: "Vai ter que ter muita força para conseguir segurar a fúria dos brasileiros. A carta que representa esse desfecho é a Foice e ela mostra que tem tudo para não conseguir continuar presidente".
"Como falei, o ano é de conexões e só vai conseguir sucesso quem estiver aberto a parcerias. Não é um ano individual. Esqueça querer fazer coisas sozinho, não dará certo. A cor do ano é o azul. Todas as cores são bem-vindas. Afinal, cor é tudo o que a gente precisa para começar as conexões. Mas o azul vai te trazer uma força maior", disse Khali.
Fonte: Famosidades
Não foi homofobia, diz advogado de agressores de ambulante

© Fornecido por New adVentures, Lda.
O advogado Marcolino Nunes Pinho, defensor dos dois homens que espancaram até a morte o ambulante Luiz Carlos Ruas, 54, disse que eles não vão se apresentar à polícia. "Eles não vão se entregar não, por enquanto", disse à reportagem nesta terça (27).
Ainda segundo o defensor, ele vai tentar revogar a prisão temporária decretada pela Justiça de São Paulo antes de decidir a situação dos dois.
Pinho disse que não se trata de um caso de homofobia. Disse que seus clientes alegam que partiram para briga naquela noite porque Alípio Rogério Belo dos Santos, 26, teve o celular roubado por um grupo de pessoas do lado de fora da estação Pedro 2°, da linha 3-vermelha do Metrô paulista, entre elas uma travesti, onde as câmeras do Metrô não conseguem captar.
Ainda segundo a defesa, os dois agrediram Ruas porque o vendedor também teria se envolvido na briga. "O senhor Luiz Ruas foi tentar ajudar os travestis, que ele conhecia lá, e deu uma garrafada na cabeça do Alípio. Aí, ficou nervoso porque tomou a garrafada e foi para cima dele. Ele disse que nem entendeu porque aquele senhor se envolveu na confusão. Deu uma garrafa nele", disse o advogado.
Pinho afirmou ainda que fotografias das lesões sofridas por Alípio dos Santos estão sendo anexadas no pedido de revogação da prisão. "Se você perceber nas imagens, ele [Alípio] está sangrando bastante. Está bastante lesionado. Na boca, no joelho, nos braços, na barriga. Uma pessoa que só bate não teria essas lesões todas", afirmou.
A família de Ruas será assessorada pelo advogado Augusto de Arruda Botelho, importante criminalista de São Paulo. Botelho trabalhará para a família sem cobrança de honorário e deve participar como assistente de acusação quando o caso for a júri popular.
"Estou muito revoltado com essa história. Dentro dos limites da lei, os crimes de intolerância precisam ser severamente punidos", afirmou o advogado.
MANIFESTAÇÃO
Cerca de cem pessoas, entre elas de defesa da causa LGBT, compareceram no início da tarde desta terça (27) para um protesto na estação Pedro 2º. Convocada pelas redes sociais pelo jovem Bruno Diego Alves, 25, a manifestação pediu mais segurança aos usuários do sistema metroviário de São Paulo e o fim da homofobia.
"Espero que fique de exemplo, para que a morte do Luiz Carlos Ruas não se repita. Pagamos imposto caro, tarifa alta, e não temos segurança ao usar o metrô. Dinheiro tem, o que falta é vontade", criticou.
Fonte: Noticias ao minuto

Famosos lamentam a morte de Carrie Fisher, a eterna princesa Leia de Star Wars

Para a tristeza de muitos, Carrie Fisher morreu nesta terça-feira, dia 27 de dezembro, apenas quatro dias depois de ser socorrida de um avião desacordada após uma parada cardíaca. A atriz viveu a icônica princesa Leia na franquia Star Wars e vai deixar saudade em muitos, incluindo sua filha, Billie Lourd, e sua mãe, Debbie Reynolds.
Para a tristeza de muitos, Carrie Fisher morreu nesta terça-feira, dia 27 de dezembro, apenas quatro dias depois de ser socorrida de um avião desacordada após uma parada cardíaca. A atriz viveu a icônica princesa Leia na franquia Star Wars e vai deixar saudade em muitos, incluindo sua filha, Billie Lourd, e sua mãe, Debbie Reynolds.

Fonte: Estrelando

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Além de ter pouco combustível, avião da Chapecoense viajava com sobrecarga

s autoridades colombianas responsáveis pela investigação do acidente com o avião da Chapecoense no dia 29 de novembro, quando 71 pessoas morreram, explicaram preliminarmente as causas da queda em uma entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira. De acordo com a Aeronáutica Civil, o avião da LaMia viajava com cerca de 500 kg a mais do que o normal. No entanto, esta não foi a principal causa do acidente.
Segundo o Secretário de Segurança Aeronáutica Aerocivil da Colômbia, Freddy Bonilla, o plano de vôo autorizado pela AASANA (Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares à Navegação Aérea da Bolívia) era irregular, pois deixou de levar em consideração que o tempo de viagem era igual à autonomia de voo.
Bonnila também afirmou que a gravação da cabine do avião CP-2933 mostrou que o piloto Miguel Quiroga e a copiloto Sysi Arias, que morreram na queda, cogitaram uma escala em Letícia, na Colômbia, ou em Bogotá, em função do combustível estar no limite. No entanto, decidiram não fazer. 
Emergência e motores desligados
Bonilla explicou que, para a aviação, existe uma diferença entre os termos "prioridade" e "emergência" e que o piloto declarou a segunda alternativa apenas quando a torre de controle questionou quanto tempo a aeronave ainda possuía para ficar voando. O secretário disse ainda que o avião deveria ter combustível extra para voar ao menos mais 1h45.
Em função da falta de combustível, os motores da aeronave se desligaram gradualmente. A quatro minutos do impacto, o avião contava apenas com dois motores, e 25 segundos depois já estava voando sem auxílio dos quatro. De acordo com as gravações exibidas pela Aviação Civil colombiana, o piloto não informou a controladora de voo que os motores estavam desligados.
As gravações também mostram que a controladora questionou se era necessário algum serviço especial de terra, mas o piloto afirmou que se fosse necessário, avisaria mais tarde.
Às 0h57 (horário de Brasília), dois minutos antes da queda, o piloto informou que estava em falha total de energia por falta de combustível. A aeronave se encontrava a 9 mil pés de altura - mil a menos do que o mínimo necessário. Um minuto antes da queda, a aeronave perdeu contato com a torre de controle. As autoridades não souberam explicar o motivo da perda do contato.
Fonte: globoesporte.com

Pastor se complica após receber repasse de dinheiro de Eduardo Cunha

Antonio Cruz/Agência Brasil
A “doação” que Eduardo Cunha fez à igreja rendeu frutos. E muito além da evangelização, educação e ação social típicas das instituições religiosas. Os autos da Operação Lava-Jato também se multiplicaram. Primeiro, o deputado tratou de repartir a última parte de seu butim de US$ 5 milhões em propinas acertadas com os lobistas Júlio Camargo e Fernando Baiano. O primeiro deveria depositar R$ 250 mil na conta da Assembleia de Deus do Ministério Madureira.

Revelada a trama, sobrou para o pastor Samuel Ferreira. Ele passou a responder a um inquérito por suspeita de lavagem de dinheiro. O juiz agora é Sérgio Fernando Moro, da 13ªVara Federal de Curitiba. A PF verifica se o pastor tinha conhecimento ou não de que o dinheiro recebido era propina obtida por Cunha a partir de desvios e achaques na Petrobras.

Quando o deputado foi cassado pela Câmara, em setembro de 2016, sua fé foi lembrada duas vezes no plenário da Casa, dessa vez associada não a votos, mas a controvérsias criminais.

Filha de um ex-aliado e inimigo mordaz de Cunha, a deputada Clarissa Garotinho (PR-RJ) não perdoou a relação de fé que, a contragosto, mantém com o adversário. Ao discursar na sessão, disse que o peemedebista fazia papel de “caixeiro viajante”, “fariseu”, “lobista” e “psicopata”. Os fariseus eram uma espécie de casta de sacerdotes judeus que, no tempo de Jesus Cristo, no século I, falavam o que deveria ser feito, mas praticavam o contrário, desprezavam a essência da fé em Deus e ainda se apegavam a tradições irrelevantes. “O terceiro papel desempenhado pelo deputado é o de fariseu, porque ele teve a coragem de colocar carros luxuosos, comprados com dinheiro de propina, em nome de uma empresa fundada por ele, chamada Jesus.com”, apontou Clarissa.

Fonte: Correio Braziliense
Pessoas relembram atos secretos de generosidade de George Michael nas redes sociais

© Stefan Wermuth / ReutersUm dia após a morte do cantor britânico George Michael, pessoas revelaram inúmeros gestos de generosidades do astro que, até então, permaneciam secretos a pedido de Michael. Tudo começou quando o apresentador do programa "Pointless", Richard Osman, disse no Twitter que o cantor doou 15 mil libras para uma mulher que não podia pagar um tratamento de fertilização in vitro. Na época, Osman era produtor executivo do programa "Deal or no deal".Segundo o relato, George Michael telefonou em segredo no dia seguinte e doou o dinheiro que ela precisava.
"Uma mulher do 'Deal Or No Deal' nos disse que precisava de £15k para o tratamento de fertilização in vitro. George Michael secretamente telefonou para ela no dia seguinte e deu os £15k."
Após a revelação, outros casos de generosidade vieram à tona por usuários que receberam ajuda ou souberam de gestos de caridade do astro.A apresentadora Xanthe Bearman respondeu o tuíte de Osman dizendo que George Michael foi um dos fundadores secretos do musical "Quilt, a Musical Celebration", que homenageia pessoas que morreram de AIDS.
"Eu participava do 'Quilt, a Musical Celebration' (sobre AIDS) em St Albans, 20 anos atrás. George Michael secretamente fundou o projeto."
Outra usuária afirmou que o cantor britânico trabalhava anonimamente em uma casa de desabrigados onde ela trabalhava. "Eu nunca disse isso para ninguém, ele pedia para que a gente guardasse esse segredo. Ele era assim."George também teria mandado uma dúzia de rosas para o memorial das dezenas de vítimas australianas do Tsunami de 2004. "Tão gentil", elogiou o usuário que relatou o gesto do cantor.Outra internauta contou que, certa vez, ouviu de uma organizadora de uma instituição de caridade infantil que o lugar só permanecia aberto graças ao Michael.Outro internauta afirmou que Michael doava milhares de libras todos os anos para o programa de caridade Help A London Child, da Capital Radio.
"Eu sempre vou lembrar dele sendo muito generoso com o Help a London Child da Capiyal Radio quando eu era jovem."
Outro usuário relatou que Michael deu a uma completa estranha uma quantia de 25 mil libras em um café.
"Ele deu a uma estranha num café £25k porque ela estava chorando por causa das dívidas. Ele pediu para a garçonete dar o cheque depois que ele saísse."
Morte de George MichaelNesta segunda, o empresário do cantor, Michael Lippman, afirmou à agência de notícias britânica PA que o cantor morreu de insuficiência cardíaca. Michael morreu em casa neste domingo, aos 53 anos. A polícia ainda investiga o caso, que considerou "inesperado, mas não suspeito."

Fonte: Hufttpost Brasil

Jovem tira foto de fantasma que o assombra há meses Fonte: Com informações do Megacurioso Em agosto deste ano, Adam Ellis, de Nova ...